10 filmes com índice de aprovação ainda menor que o do Temer

Editorial
// 30/07/2017

Na última semana o país descobriu o óbvio: o governo do presidente Temer alcançou um índice de aprovação de míseros 5% (e reprovação de mais de 70% da nação). Só que por mais ridícula que seja essa situação política, sempre (lembrem-se: sempre) dá pra ser pior. Abaixo, veja 10 filmes não tão desconhecidos assim que conseguiram a façanha de terem um índice de aprovação pela crítica mundial no Rotten Tomatoes ainda menor do que o (Fora!) Temer.

Getaway – 2% 

O filme de ação com Selena Gomez e Ethan Hawke, da trilogia Antes do Por do Sol (que fase!) foi considerado monotonamente acelerado até o ponto de exaustão.

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Bem ou mal, Selena e Hawke são uma dupla muito melhor do que Temer e Cunha, com os quais já tivemos de lidar.

Max Steel – 0%

A adaptação do boneco da Mattel tinha Andy Garcia e Maria Bello no elenco. A produção foi tão ruim, mas tão ruim que sequer chegou a ser lançada em grande circuito no Brasil.

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Ao menos Max estava tentando salvar alguma coisa.

O Quarto dos Esquecidos – 0%

Kate Beckinsale parece ter em O Quarto dos Esquecidos o mesmo problema pra escolher bons filmes nos quais participa: saiu do Brooklyn com seu filho para morar em uma mansão com um quarto que despertava o pior na mente humana (inclusive no espectador: ranço).

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Ok, esse tá pau a pau.

Um Pedido de Natal – 0%

Filme de Natal já é ruim pelo clichê ambulante. Pior ainda deve ser amargar o fato de que praticamente ninguém viu o filme e mal recebeu críticas pra dizer que existe.

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Em nenhum momento do filme Papai Noel reduziu o orçamento em cima da hora e deixou a população sem presentes enquanto financiava gorros Dolce Gabbana para os seus duendes.

Pinocchio – 0%

Parece que o mundo dá voltas, não é mesmo? Mesmo depois de ter “roubado” o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de Central do Brasil, o italiano Roberto Benigni (dizem as más línguas) não fez um filme bom sequer. Pinocchio “falha violentamente com esta adaptação de Pinóquio, e o resultado é um projeto de vaidade assustador, mal feito e assustador”.

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Porque tem coisa melhor do que ver quem ~tomou o que é seu~ amargurar no dia seguinte?

Refém do Medo – 8%

Pode até estar em 8% agora, mas na época de lançamento, o longa com título nacional batidíssimo com Naomi Watts chegou perto do 0 e foi considerado “fatalmente minado por um clichê, trama confusa e uma ausência total de emoções”.

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Porque, de fato, no momento está mais bem colocado no percentual de aceitação, comparativamente falando. Engole o choro.

Profissão Surfista – 0%

profissao surfista

Considerado pelo site o pior filme da carreira de Matthew McConaughey, o filme tem como único atrativo o tanquinho do ator, à época considerado por Hollywood como um dos 10 melhores tanquinhos (sim, existia essa lista).

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Tanquinhos.

Mulan 2 – 0%

Todo mundo erra. E a Disney também. Ao contrário de Toy Story 2, que teve lançamento previsto para home video mas acabou indo para os cinemas, Mulan 2 de fato foi lançado apenas para ver em casa em 2003. Ainda bem. O filme mal conseguiu a atenção da crítica e ainda patinou em 0% de aprovação.

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Porque pelo menos algum dia a Mulan fez muito, mas muito pelo seu país e seu povo.

As Mil Palavras – 0%

Um filme em que o Eddie Murphy praticamente não fala deveria ser um alívio pra quem não é muito fã do ator. Mas acabou tirando o melhor trunfo para aqueles que gostam dele. Resultado: As Mil Palavras acabou sendo lembrado pelas piadas de mal gosto e bem datadas.

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Porque não tomou o lugar de ninguém nos cinemas. Azedou um fracasso de bilheterias, como merecia.

Loucademia de Polícia 7: Missão Moscou – 0%

Ok. Nenhum filme da série é realmente bom. Nenhum deles sequer recebeu o selo de fresh. E vários conseguiram a proeza de zerar o score. Mas Missão Moscou é o único dos anos 90, quando as tramas de comédia estavam começando a largar as piadas mais preconceituosas. Começando. E nem assim deu liga.

Mas por que mesmo assim ainda é melhor do que o Governo Temer?
Por pior que seja, o time da Academia era minimamente mais organizado do que a atual equipe da gestão Temer.

Comentários via Facebook
Categorias
Editorial