ARTIGO: Os Novos Ricos do Cinema

Notícias
// 14/08/2011


Em 2010, dois filmes quebraram a barreira do 1 bilhão de dólares em arrecadação: Alice no País das Maravilhas e Toy Story 3. Neste ano, três filmes já conseguiram essa façanha, Piratas do Caribe 4, Transformers 3 e Harry Potter 7.2. Sendo que os dois últimos o fizeram na mesma semana. O que os cinco filmes têm em comum, além do grande apelo do público, é o 3D.

Querendo ou não, o formato impulsiona a chegada das superproduções aos altíssimos valores de arrecadação em bilheteria. Porém, dizer que apenas isso é o suficiente para acumular mais de um bilhão de dólares ao redor do globo é besteira. O público mudou e as mídias que envolvem e competem com um lançamento cinematográfico, hoje, são mais fortes. Quais são os fatores que estão sendo deixados de lado na hora de fazermos uma “correção inflacionária”? Será que o significado da palavra “sucesso” quando se tratando da indústria cinematográfica, não precisa passar pela mesma correção?

É exatamente sobre isso que o artigo Os Novos Ricos do Cinema se propõe a tratar. Leia clicando aqui.

A imagem foi construída a partir de uma ideia do site Box Office (citado no artigo), que ilustra a atual batalha nas salas de projeção ao redor do planeta.
Comentários via Facebook
Categorias
Notícias