Avatar 2 | James Cameron filmará com tecnologia 4K

Ficção Científica
// 21/02/2014

Avatar
O primeiro Avatar foi um divisor de águas para a indústria do Cinema. Indústria, claro. Para a tecnologia em si e a arte, nem tanto. A proposta era trazer um grande filme rodado em 3D com câmeras melhores e mais leves, um diferencial para a dor de cabeça dos grandes e pesados equipamentos que os produtores custeavam para os seus longas gravados em três dimensões. O resultado, no entanto, foi uma penca de filmes sendo lançados em 3D para angariar mais dinheiro (seguindo a lógica de Avatar) e praticamente nenhum longa utilizando as tais novas câmeras. Isso, óbvio, sem mencionar na trama batida do filme. Mas é inevitável: Avatar foi uma tendência. De 2009 para cá a mudança foi brutal, todos os blockbusters são lançados em 3D. Agora, a ideia é apostar em uma “nova não-novidade”, no caso, o 4K (Batalha de Los Angeles já foi rodado com a tecnologia) e, quem sabe, ditar uma nova tendência.

Se o poder de marketing acerca da tecnologia for bem aproveitado, o sucesso de Avatar 2, junto ao 4K em letras garrafais nos pôsteres, pode até criar a sugestão de que outros lançamentos se utilizem do formato, assim como foi com o 3D, que ninguém usava até 2009. Aí, teremos uma nova leva de filmes com alta qualidade de imagem, um sucesso industrial que O Hobbit e seus 48 quadros por segundo até agora não conseguiu (quantos filmes foram lançados em 48 quadros por segundo depois de Uma Jornada Inesperada? Isso mesmo, só um: sua continuação – e em circuito bem mais limitado). Ou, quem sabe, isso pode não dar em nada. Afinal, tanto para a exibição 4K quanto para a supracitada hfps (os 48 quadros), os cinemas precisam de uma atualização, seja de software ou hardware, o que custa dinheiro. E, convenhamos, apesar da gritante qualidade de imagem aprimorada, um 3D em comparação com um 2D é uma mudança muito mais significativa para o grande público do que um 4K e um 48qps do que a ausência desses. E vale lembrar que James Cameron também utilizará o formato de alta taxa de atualização de imagem, os 48 quadros por segundo.

A primeira sequência chega aos cinemas em 2016, Avatar 3 em 2017 e o último longa da franquia chega aos cinemas em 2018.

Comentários via Facebook