CRÍTICA: Alvin e os Esquilos 2

Infantil
// 06/02/2010

Dessa vez, nada de “Christmas, Christmas time is near”, o negócio agora é pop music e Alvin (Justin Long), Simon (Matthew Gray Gubler) e Theodore (Jesse McCartney), os famosos esquilos cantores, se meteram com um rival a sua altura, As Esquiletes.  Mudanças de rumo à parte em relação ao filme anterior, Alvin e os Esquilos 2 ainda mantém o mesmo espírito de repetição que só funciona com as crianças.

Leia a crítica clicando em “Ver Completo”.

Alvin e os Esquilos 2
por Marcello Morgan

Diferente do primeiro filme, Alvin e os Esquilos 2 tem como ponto principal mostrar a vida deles na escola e as encrencas pelas quais passam, além de assuntos delicados, fazendo ser uma diversão para toda a família, desde os mais velhos que acompanhavam as aventuras dos esquilos quando pequenos até os mais novos, que os conheceram há dois anos e se encantaram com o carisma desses bichinhos peludinhos.

Após um acidente causado por Alvin, Dave (Jason Lee) é obrigado a ficar num hospital em Paris, e como não há quem cuide dos pequeninos, eles são encaminhados de volta a Los Angeles, onde a tia Jackie irá cuidar deles. Mas, para azar dela, seu sobrinho Toby (Zachary Levi) esbarra na cadeira-rolante dela e ela cai escada abaixo. Assim, os esquilos estão aos cuidados de Toby, um jovem viciado em videogames. Esse começo desastroso leva-os para a escola, onde arranjam confusão no primeiro dia de aula e quase são suspensos.

Primeiro dia de aula, para muitos, costuma ser assustador, mas estes esquilinhos não tinham o que temer, são famosos e todos os amam ou quase todos. Simon e Theodore são os que mais sofrem com essa vida de estudante enquanto Alvin consegue fazer amigos, Simon sofre nas mãos dos amigos do irmão e ele sabendo o que fazem com seu irmão, não o defende e Theodore, está sofrendo porque tem medo que sua família se separe, e com a briga dos seus irmãos, ele foge.

Apesar do tom infantil do filme e de algumas piadas sem graça até para crianças, a história nos faz passar por momentos nos quais qualquer um já se encontrou ou pode vir a se encontrar um dia. Medo, egoísmo e inocência fazem parte da vida de todos, principalmente crianças, e o intuito é passar para os pequenos como lidar em situações como essas. Um exemplo disso é o egocentrismo de Alvin, que causa o acidente de Dave e faz com que As Esquiletes ganhem a competição da escola.

Por falar nelas, As Esquiletes são três esquilinhas que, procurando por seus ídolos Alvin, Simon e Theodore, encontram Ian Hawke, o cruel empresário do filme anterior, que tentando sair do fundo do poço, manda Brittany (Christina Applegate), Jeanette (Anna Faris) e Eleanor (Amy Poehler) para a mesma escola dos esquilos, para virarem sucesso na escola e depois no mundo.

A escolha para As Esquiletes aparecerem nessa sequência é clara: Janice Karman, a produtora e criadora do grupo, que existem desde 1982, queria poder colocar músicas mais “femininas” no filme e, assim, “Single Ladies” e “Hot N’Cold” entraram para a trilha sonora. Assim como outras músicas femininas, as “masculinas” não deixaram de ter uma atenção a mais e completando essa divisão sexual das canções, somos também apresentados a algumas em que os dois grupos dividem o palco.

O personagem de Zachary Levi, Toby, é pouco apresentado na história, mas seu crescimento é visível, principalmente quando larga os videogames para se preocupar com os seus novos “filhos”, tomando coragem e fazendo algo que sua timidez nunca permitiu. Com isso, o surgimento de novos personagens é bom porque abre um leque maior para criatividade, porém, é um problema para um filme infantil de pouca duração. A enorme quantidade de figuras não nos permite estudá-los com cuidado e causa uma confusão grande, além de uma série de cortes entre cenas que acabam sendo secos e dá uma sensação estranha de vazio.

Com mais números musicais, mais ação e mais divertimento, o filme é de fato uma diversão gostosa, mas não escapa de ser um filme bem infantil, o que pode não ser muito agradável para os marmanjos que são fãs dos esquilos desde pequenos.


Alvin and The Chipmunks II (EUA, 2009). Infantil. 20th Century Fox.
Direção: Betty Thomas
Elenco: Jason Lee, David Cross, Cameron Richardson.

Comentários via Facebook
Categorias
Infantil