CRÍTICA: Operação Valquíria

Críticas
// 20/02/2009

Dia 13 de fevereiro estreou Operação Valquíria, filme estrelado por Tom Cruise, que veio para o Brasil, no Rio de Janeiro, promover seu filme. Será que ele veio aqui à toa?

Operação Valquíria
Por Igor Arume – crítico e colunista

Nota histórica: A Operação Valquíria (Unternehmen Walküre) era um plano emergencial para a Reserva do Exército alemão restaurar a lei e a ordem em Berlin caso a cidade fosse bombardeada pelos Aliados. O plano foi aprovado pelo próprio Hitler, mas foi alterado por conspiradores da Resistência Alemã que almejavam tomar o controle das cidades alemães, desarmar a SS e prender a cúpula de poder nazista, após o assassinato de Füher em um atentado. A morte de Hitler era crucial para libertar os soldados alemães de seu juramento de lealdade ao Füher.

Traduzido do Wikipedia.

Operação Valquíria (Valkyrie, no original) é um suspense histórico que conta com Tom Cruise no papel do coronel Claus von Stauffenberg, um oficial nazista descontente com os rumos da Alemanha na guerra e com o extermínio de milhares de civis no Holocausto. O personagem se junta à Resistência e arquiteta um plano para matar Hitler, plano este que fracassa.

O filme é dirigido por Bryan Singer (X-Men 1 e 2 e Superman Returns) e conta com um bom trabalho de fotografia, com locações reais onde ocorreram os fatos históricos, além de possuir um belo trabalho de figurino e um repertório de veículos e aviões nazistas da época. A trilha sonora ajuda a dar o tom do filme e mantém a tensão nas cenas de suspense.

A história começa com um ritmo intenso, no Norte da África, onde uma guarnição nazista é bombardeada pelos Aliados. Depois, os personagens vão sendo introduzidos, mas sem a devida profundidade, assim como o conflito entre o personagem de Cruise e sua família, que é pouco explorado.

O grande mérito do longae é conseguir manter a atenção dos espectadores a um filme que a maioria já conhece o final: é só se recordar da aula de história sobre a II Guerra Mundial e lembraremos que Hitler se suicidou em um bunker em Berlin em 1945, após o cerco da frente aliada soviética à Berlin. Apesar disso, é um prato cheio para os fãs de filmes históricos.

Valkyrie (EUA, Alemanha; 2008) Suspense. 20th Century Fox.
Direção: Bryan Singer
Elenco: Tom Cruise, Kenneth Branagh, Bill Nighy, Tom Wilkinson, Carice van Houten, Thomas Kretschmann, Terence Stamp.

Comentários via Facebook
Categorias
Críticas, Guerra, Suspense