TwitterFacebookTumblrOrkutFilmowFeedsContato  
 |   ANUNCIE

NOVO QUARTETO
O trailer do reboot
OS VINGADORES 2
Veja novas artes conceituais
2015
20 filmes que fizeram 10 anos

MARVEL
Acompanhe a Fase 3




Posts Tagged “Harry Potter”

Chegamos em 2015. E como hoje é o primeiro dia (realmente) útil do ano chegou (até o carnaval você tem que trabalhar muito – e ver muito filme), é hora de constatarmos o quão velhos estamos ficando, sentir o peso da nostalgia e encomendar os primeiros cremes rejuvenescedores. Afinal, esses filmes que fomos ver ontem no cinema já estão completando dez fucking anos. E isso é ruim, muito ruim.

Orgulho & Preconceito

A adaptação do clássico de Jane Austen rendeu a primeira indicação a Keira Knightley ao Oscar de Melhor Atriz (além de outras 3 indicações – o filme não levou nenhum). Ganhou centenas de fãs e fez de Joe Wright um diretor tão bem cotado que o colocou no comando de outra adaptação da autora, Desejo & Reparação (que se chamava apenas “Reparação”, mas ganhou o “Desejo” no título para soar um dobradinha com Orgulho & Preconceito). Calma que vem Orgulho e Preconceito e Zumbis pra “relembrar”.

Veja os outros filmes em “Ver Completo”.

A Noiva Cadáver


Indicada ao Oscar de Animação, a produção de Tim Burton (que como Diretor de Cinema é um excelente Diretor de Arte) fez todo mundo lembrar que ele até que sabe dirigir animações para público misto, sim. E, bem, trouxe o stop-motion para 2005. O que era bastante coisa.

Harry Potter e o Cálice de Fogo

Era 2005 e já estávamos no quarto filme da série Harry Potter, que acabou há (já) quatro anos. O longa foi o primeiro dirigido por um diretor britânico (Mike Newell) e deu continuidade ao ar mais sombrio inserido por Alfonso Cuarón no terceiro filme. Realavancou a bilheteria da série e se transformou no filme mais popular do ano (de novo). Pudera. Era o livro preferido de muita gente dentre a série de sete.

King Kong

Peter Jackson resolveu refilmar um clássico com a tecnologia contemporânea. O resultado foi um filme de 3 horas de duração, visualmente deslumbrante, mas igualmente cansativo e sem tanto carisma. Rendeu aplausos técnicos mas uma frustração colossal para quem esperava algo à altura da trilogia O Senhor dos Anéis.

As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa

A aclamada obra de C.S. Lewis finalmente ganhou uma adaptação para o Cinema, algo que o próprio autor nçao queria quando vivo (por causa das “bizarrices” que a Sétima Arte produzia, digamos assim). Claro que ele não contava com o patamar tecnológico que Hollywood chegaria (4 indicações ao Oscar, vencendo em Melhor Maquiagem, provam isso). Com uma bilheteria expressiva, a série só obteve sucesso no primeiro longa (afinal, a Feiticeira Branca era uma vilã de primeira que não existia nos demais longas): amargou no desempenho de público e crítica na continuação de 2008 (Príncipe Caspian), o que fez a Disney desistir de produzir a franquia, indo parar nas mãos da Fox (A Viagem do Peregrino da Alvorada, de 2010, também com arrecadação mediana).

A Fantástica Fábrica de Chocolates

Mais uma refilmagem, porém bem-vinda. A Fantástica Fábrica de Chocolates, agora dirigido por Tim Burton, ganhou um ar mais high-tech, mas ainda fantasiosa. Com um roteiro simples, o filme voltou a atenção da narrativa para Charlie, em vez do próprio Willy Wonka (não é à toa que o título original mudou de Willy Winka and The Chocolate Factory para Charlie and The Chocolate Factory).

Batman Begins

“Já deu de filme do Batman”. Era mesmo o que todo mundo pensava. Pudera. Por décadas a Warner Bros. entregou longas lúdicos demais para o perfil de Batman que todos ansiavam (alguns filmes chegavam a ser até bem circenses). Mas Batman Begins foi um tiro certeiro: iniciou a trilogia de super-herói mais aclamada do Cinema, introduzindo um personagem conhecido com um cuidado técnico-visual poucas vezes visto para esse tipo de filme. A sequência, O Cavaleiro das Trevas (2008), ainda é considerado o melhor filme baseado em uma HQ já feito. Já Christopher Nolan, o diretor, se transformou em um dos nomes mais poderosos da indústria.

Star Wars: Episódio 3 - A Vingança dos Sith

O último filme (até então) da segunda trilogia criada por George Lucas deveria ser o encerramento da franquia Star Wars. E assim foi por muito tempo, até a Disney comprar a LucasFilms e garantir os direitos de produção dos filmes. A Vingança dos Sith findou uma trilogia que só agradou mesmo aos fãs mais obcecados. Nem a crítica e o público gostaram muito das ideias propostas nos filmes, ainda que este último tenha tido um belo acerto: a cena do surgimento de Darth Vader.

Guerra dos Mundos

“Steven Spielberg significa efeitos visuais sem prazo de validade”, foi o que disse o maior fã do diretor dentro da equipe do Pipoca Combo. E é bem verdade (reveja “E.T.” e sinta o nível). Guerra dos Mundos prova isso. Não é de seus melhores trabalhos (está longe de ser), mas a tensão permeia o filme muito bem graças às boas escolhas de Spielberg. E tem o nascimento de Dakota Fanning para os holofotes.

 

V de Vingança

2013 e ninguém esqueceu das máscaras de V de Vingança durante as manifestações no Brasil. Uma pena que a certa altura das reivindicações rolou a coxinização da máscara. Uma pena mesmo.

Madagascar

Uma das animações mais fracas de 2005, mas a que caiu mais no gosto do público. A canção “Eu Me Remexo Muito” (não importa qual a versão dela no planeta) tem muito a ver com isso. Deu certo: duas continuações foram lançadas, a última em 2011 (bem melhor do que as anteriores).

Sr. e Sra. Smith

A comédia de ação do diretor Doug Liman (um verdadeiro fulano) não deveria ser nada demais. Mas a química entre Angelina Jolie e Brad Pitt estava lá. E era forte. Tão forte que durante as filmagens os dois acabaram se transformando no casal mais popular de Hollywood – firmes até hoje (vamos ver no post de 2025 como isso vai estar).

Quarteto Fantástico

A Fox tentava sua segunda franquia de heróis Marvel. Não deu certo. Apesar do primeiro filme divertido, não havia muito frescor ali. Após o segundo longa, de 2007, a franquia foi pra geladeira e o estúdio voltou as atenções apenas para os X-Men. Agora, o Quarteto retornará num reboot, muito provavelmente aos moldes d’Os Vingadores, da Disney/Paramount.

O Virgem de 40 Anos

Spoiler: seriam 50 anos, mas ele resolveu o problema. O Virgem de 40 Anos botou Steve Carell no mapa dos comediantes estadunidenses, transformando-o no protagonista de dezenas de comédias no cinema e na TV (The Office tá aí pra provar).

A Ilha

2005 e Michael Bay já tava fazendo merda. Alguém impediu? Não, senhor. Deram a ele o dinheiro e o espaço suficientes para ele ficar com o ego do tamanho de uma sala IMAX de verdade. Bem feito. A Ilha continua passando até hoje nos cinemas. Basta ver qualquer uma das cenas recicladas que o diretor usa quando tá com preguiça de mandar a equipe de Segunda Unidade filmar qualquer coisa para um de seus Transformers.

Plano de Voo

Não era David Fincher e O Quarto do Pânico, mas ainda era Jodie Foster. Plano de Voo foi um dos suspenses mais intensos do Cinema em 2005. Tão bom que o Blu-Ray custa caro pacas até hoje.

O Segredo de Brokeback Mountain

“O filme dos caubóis gays”. Era o que as velhinhas (sim!) diziam para as amigas que iam assistir nos cinemas de bairro nos EUA em 2005. O longa, apesar da temática, foi muito bem aceito, e rendeu um Oscar de Melhor Diretor pra Ang Lee (mas de Melhor Filme não rolou).

Constantine

Não foi bom, nem ruim. Uma das maiores apostas da Warner em 2005 foi bem mediano. Ficou na geladeira do “vai ter/não vai ter continuação” por cinco anos, até virar uma série de TV à beira do cancelamento.

Quatro Amigas e um Jeans Viajante

America Ferrera, a Ugly Betty, estava no filme e todos só foram saber anos depois. Quatro Amigas e um Jeans Viajante era uma daquelas comédias para o público infantil adolescente com um roteiro muito bem amarrado e que acabou agradando (e bastante) a crítica e o público desavisado que assistia na Sessão da Tarde. Não era um Meninas Malvadas, jamais, mas cumpriu o papel.

Sin City: A Cidade do Pecado

Virou sensação pela violência, sim. Não pela qualidade. A prova mais marcante disso é que a continuação, lançada em 2014 foi vista por praticamente ninguém. Mas o hype em 2005 tava lá bem vivo.

Tags: , , , , , , , , , , , ,

2 Comentários »

Será que a Warner Bros. está tentando fazer com Harry Potter o mesmo processo de O Senhor dos Anéis?

O mesmo que se deu com O Hobbit, trama em um único livro que se passa antes da saga do Um Anel (contada em três), que foi dividido em três filmes, acontecerá agora com Animais Fantásticos e Onde Habitam, livro que faz parte do material didático de Harry em seus anos como estudante de Hogwarts e que chegou a ser publicado no mundo real. A diferença, aqui, é que o livro serviu só de base. Animais Fantásticos e Onde Habitam será uma trama criada originalmente para o Cinema e que cujo roteiro está sendo escrito pela própria autora da saga literária, J.K. Rowling.

O estúdio aproveitou o anúncio hoje para confirmar as datas de estreia. O primeiro filme chega em 2016, como já era sabido. O segundo, dois anos depois, 2018. O último só estaciona nos cinemas em 2020. A direção será de David Yates, mesmo responsável pelos quatro últimos filmes da série Harry Potter.

O projeto se diferencia, entretanto, do intervalo entre os filmes. O comum é que cada um seja lançado ano a ano. A diferença de dois anos pode demonstrar uma preocupação tanto da Warner quanto dos produtores (e da autora J.K. Rowling) em manter um alto padrão de qualidade nos longas.

Tags: ,

Comente! »

Temos um retorno na Warner Bros. David Yates, diretor dos quatro últimos filmes da série Harry Potter, será o diretor de Animais Fantásticos e Onde Habitam, primeiro spin-off no Cinema do universo mágico criado por J.K. Rowling.

Na trilogia, a história acompanhará Newt Scamander (o autor do livro em questão, dentro do mundo de Harry Potter) e suas caminhadas ao redor do planeta catalogando as diversas espécies de animais pertencentes ao mundo mágico, que não fazem parte da fauna conhecida pelos trouxas. A trama acontecerá mais de meio século antes do nascimento de Harry e utilizará apenas o universo criado por J.K. Rowling como cenário, sem qualquer relação com a história do Menino que Sobreviveu.

O primeiro filme estreia em 18 de novembro de 2016. Yates atualmente está produzindo O Livro das Selvas, também para a Warner Bros. Em seguida, ele irá encabeçar as filmagens da trilogia completa de Animais Fantásticos.

Tags: , ,

2 Comentários »

Você já deve ter ouvido falar do aclamado e já premiado Boyhood, especialmente nos últimos dias. O longa é um experimento filmado pelo diretor Richard Linklater (da trilogia Antes do Amanhecer, Antes do pôr-do-sol e Antes da Meia-noite) por doze anos com os mesmos atores. Para o filme, o menino Ellar Coltrane, de apenas 6 anos em 2002, foi contratado para ser filmado seguindo o roteiro até o início de 2013 (agora com 18 anos de idade), quando o longa foi editado e finalizado. Nesse tempo, o elenco se reunia uma vez por ano para filmar suas cenas por quatro dias. Assim, o filme conseguiu mostrar as mudanças físicas e psicológicas de Mason (personagem vivido por Ellar) e a sua família. O trailer você encontra aqui embaixo, dá uma olhada (vale muito a pena):

Pois bem. Fãs não perderam tempo e adivinha quem ganhou um trailer no formato do de Boyhood? Sim, Harry Potter e sua série de oito filmes. A franquia bilionária da Warner sempre fora apontada como detentora de um dos maiores trunfos do Cinema: um elenco inalterado por mais de dez anos, o que permitiu que o público acompanhasse o desenvolvimento da história do Harry e seus amigos assim como acompanhava o amadurecimento físico dos atores em tela, assistindo ao crescimento dos personagens. O resultado é um trailer chamado Potterhood e que ficou bem editado e muito bonitinho. Um saudosismo muito bem embalado para quem seguiu as tramas de Hogwarts de 2001 a 2011. Veja em “Ver Completo”.

Ver Completo!

Tags: ,

Comente! »

Não, não foi o Oscar de Melhor Diretor recebido na última cerimônia do prêmio que fez de Alfonso Cuarón uma opção legítima da Warner Bros. para dirigir Animais Fantásticos e Onde Habitam. O diretor mexicano de Gravidade, que comandou Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, já tinha dito em uma entrevista no fim de 2013 que tinha enorme desejo em adaptar o spin-off do mago criado por J.K. Rowling. Na verdade, Cuarón deseja voltar para a franquia Harry Potter desde a produção de Enigma do Príncipe, o sexto filme da série, lançado em 2009.

Vale lembrar que tanto Gravidade, seu recente sucesso de público, crítica e premiações, quanto a franquia Potter são produzidas pelo mesmo estúdio, a Warner, e pelo mesmo produtor, David Heyman, o que já estreita bastante a relação de Cuarón com a nova trilogia. O anúncio, se isso se confirmar, deve acontecer em breve.

Na trilogia, a história acompanhará Newt Scamander (o autor do livro em questão, dentro do mundo de Harry Potter) e suas caminhadas ao redor do planeta catalogando as diversas espécies de animais pertencentes ao mundo mágico, que não fazem parte da fauna conhecida pelos trouxas. A trama acontecerá mais de meio século antes do nascimento de Harry e utilizará apenas o universo criado por J.K. Rowling como cenário, sem qualquer relação com a história do Menino que Sobreviveu.

ATUALIZADO: Alfonso Cuarón negou em entrevista seu interesse em dirigir o longa.

Tags: , ,

Comente! »

Quem tanto recriminou a divisão de O Hobbit em três filmes pode até ter um motivo para se calar agora. Animais Fantásticos e Onde Habitam, livro que faz parte do material escolar utilizado por Harry Potter em Hogwarts e que chegou a ser escrito e publicado pela autora J.K. Rowling em 2001 (com pouco mais de 50 páginas na versão original), será adaptado para não um, mas três filmes. O anúncio foi feito pelo CEO da Warner Bros. PicturesKevin Tsujihara.

Na trilogia, a história acompanhará Newt Scamander (o autor do livro em questão, dentro do mundo de Harry Potter) e suas caminhadas ao redor do planeta catalogando as diversas espécies de animais pertencentes ao mundo mágico, que não fazem parte da fauna conhecida pelos trouxas. A trama acontecerá mais de meio século antes do nascimento de Harry e utilizará apenas o universo criado por J.K. Rowling como cenário, sem qualquer relação com a história do Menino que Sobreviveu.

Diferente de O Hobbit, entretanto, é que Animais Fantásticos e Onde Habitam não será uma adaptação do livro-catálogo. A trilogia será um enredo completamente novo que ilustrará como foi o processo de criação da obra por Newt Scamander. O roteiro será escrito pela própria Rowling, garantindo que o texto seja, de fato, fidedigno ao universo e às particularidades dele, descrito nos sete livros já levados ao Cinema pela Warner. Além de Animais Fantásticos, a Warner deve levar ainda para as telas Os Contos de Beedle, o Bardo, livro dado por Dumbledore para Hermione em Relíquias da Morte – Parte I, e Quadribol Através dos Séculos – este último seguindo o mesmo molde da criação dos filmes de Animais Fantásticos -, outro dos títulos didátidos de Harry em Hogwarts.

Animais Fantásticos e Onde Habitam – Parte I ainda não tem previsão de estreia, elenco e nem diretor definidos, mas Alfonso Cuarón, vencedor do Oscar deste ano por Gravidade e responsável por Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, já se mostrou interessado em comandar o projeto.

Tags: ,

Comente! »

Quando Alfonso Cuaron dirigiu em 2003 o terceiro filme da série Harry Potter, O Prisioneiro de Azkaban, lançado em 2004, ele foi convidado pelo produtor David Heyman a assumir o quarto longa, O Cálice de Fogo. Contudo, por mais que ele tenha adorado a experiência, rejeitou a proposta porque não achou que seria o interessante para ele naquele momento.

Recentemente, a Warner Bros. anunciou a produção de Animais Fantásticos e Onde Habitam (além da possibilidade de Quadribol Através dos Séculos), adaptação de um livro de J.K. Rowling e roteirizado pela mesma que se passa no universo da história de Harry Potter, mas sem ligação com a trama principal. Em entrevista concedida há poucos dias, Cuaron deixou claro o seu interesse em assumir a direção do filme, ainda que até agora nenhuma proposta tenha sido feita a ele. Mas a possibilidade, agora que Alfonso se expressou, é grande. O mexicano lançou neste ano Gravidade, um dos maiores sucessos de crítica de 2013 e um dos mais fortes candidatos ao Oscar de Melhor Filme, Diretor e Edição e, levando em consideração que David Heyman e a Warner Bros. também são os responsáveis por Gravidade, repetir a parceria pode acabar entrando nos planos definitivos do estúdio e de Heyman.

Animais Fantásticos e Onde Habitam ainda não tem previsão de estreia, mas deve acontecer em meados de 2015.

 

Tags: , ,

1 Comentário »

Depois da divulgação de que a Warner Bros. irá realizar uma adaptação do livro Animais Fantásticos e Onde Habitam, parte do material escolar de Harry Potter na trama e que foi lançado no mundo real pela autora J.K. Rowling (que, no caso, irá roteirizar o filme), o estúdio divulgou interesse em produzir o outro livro da mesma linha: Quadribol Através dos Séculos. Além deste, Os Contos de Beedle, O Bardo, livro dado por Dumbledore a Hermione que ajudou o trio principal a desvendar os mistérios das Relíquias da Morte no último livro/filmes da série também pode ser adaptado.

A produção seria de David Heyman, o mesmo da série bilionária de oito filmes. Resta agora torcer para que Jo Rowling tenha a brilhante ideia de escrever um spin-off sobre a vida de Dumbledore, gerando um filme realmente empolgante nas telas.

Confirmações por parte do estúdio devem surgir em breve.

Tags: ,

2 Comentários »

Lamentavelmente, para os profissionais e entusiastas dos efeitos digitais, a CG Extreme teve muito pouco de CG. O que se propunha a ser o maior espetáculo de entretenimento digital do Brasil se resumiu a exatamente isso: um espetáculo de auto-promoção dos patrocinadores. E muito pouco além disso.

Leia mais clicando em “Ver Completo”.

Ver Completo!

Tags: , , ,

2 Comentários »


Se há um lançamento que vai fazer todo mundo rasgar e jogar fora todas as versões prévias que se tem em casa, é o novo e mais completo box da série Harry Potter. Ontem, a loja Amazon.com divulgou alguns detalhes do lançamento (muitas informações ainda estão faltando), incluindo imagens e um vídeo do interior do produto.

Obviamente, o Blu-Rays Legendados já reuniu tudo o que conseguiu, e você encontra as informações básicas clicando em “Ver Completo”.

E se você não sabe como comprar fora do brasil, leia este artigo.

Ver Completo!

Tags:

6 Comentários »

Já havíamos comentado aqui no Pipoca Combo que o investimento no atual box em DVD ou Blu-Ray da série Harry Potter, que será lançado agora em novembro, não é algo muito acertado. A própria Warner Bros. já avisou que em 2012 um box definitivo com todos os longas da saga será disponibilizado.

Hoje, o estúdio lançou o trailer do produto, ainda que não deixasse claro a data de início das vendas. Veja em “Ver Completo”.

Se esta é realmente a edição definitiva, não dá pra saber. Pode ser um box mais trabalhado com as edições comuns, ou com as Edições Definitivas (hoje vendidas em separado) ou, quem sabe, um box com todos os filmes já em 3D (lançamento também confirmado). Mas o que é certo mesmo é que muitos extras foram produzidos e obviamente nem metade deles estarão disponíveis no mercado enquanto a série não esfriar financeiramente.

Ver Completo!

Tags:

1 Comentário »

Para esquentar o interesse do público na compra do Blu-Ray e DVD de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2, a Warner divulgou através do ComingSoon um featurette do disco de extras, pincelando a criação dos efeitos visuais de destruição da Batalha de Hogwarts. Veja em “Ver Completo”.

Harry Potter 7.2 chega às lojas em vários formatos e pacotes em 24 de novembro. Clique aqui para garantir o seu.

Ver Completo!

Tags: ,

2 Comentários »