Tag:Sandra Werneck

Críticas
// 14/08/2010
sonhos-roubados

Depois de abordar relacionamentos da classe-média em Pequeno Dicionário Amoroso (1996) e Amores Possíveis (2001), e biografar o roqueiro boêmio da classe-média Cazuza, o Tempo não Pára (2003), a cineasta Sandra Werneck faz excursão pela favela carioca. Estreia no Festival do Rio 2009, o filme ganhou o prêmio conferido pelo público e o de melhor…

Leia mais